sexta-feira, 24 de junho de 2011

A COMUNIDADE MULUNGU FESTEJA A FESTA DO DIVINO PAI ERTENO.


TEM INICIO HOJE DIA 24 DE JUNHO A FESTA DO DIVINO PAI ETERNO DA COMUNIDADE MULUNGU.
Diocese de Santa Luzia de Mossoró
                             Paróquia de São Miguel Arcanjo
                               Capela do Divino Pai eterno
                               Festa do Divino Pai Eterno 24/06 á 03/07


                       Tema: O Pai Eterno que criou a Vida no Planeta e entrega o Homem para Cuidar.

24/06 – Sexta Feira 1ª Novena
18hrs – Abertura e Caminhada saído do cruzeirode Frente a Residencia de seu Chico Ferreira Sitio Retiro para a Capela do Divino Pai Eterno.
      
     Tema: O homem recebe a Criação como Dom Gratuito de Deus.
     Pregadora: Conceição
     Noiteiros: Comunidade Retiro 1 e 2

25/06 – Sábado
19hrs – 2ª Novena

      Tema: Deus Defende a Vida e oferece a liberdade.
      Pregador: Janualdo
     Noiteiros: Comunidades Lagoa dos Millomens, São João

26/06 – Domingo
19hrs – 3ª Novena

      Tema: Ver Pela Fé as Necessidades de Protejer o Planeta.
      Pregadora: Ilda
     Noiteiros: Comunidades Barrinha, Canindezinho e Mata

27/06 – Segunda Feira
19hrs 4ª Novena

     Tema: Devemos ter coragem de denunciar as Agreções contra o Planeta (Lc 7, 24 – 30)
      Pregador: Francisco das Chagas
      Noiteiros: Comunidades Timbaúba, São Paulo e Breginho.

28/06 - Terça Feira
19hrs – 5ª Novena

     Tema: Julgar e Obedecer com Sabedoria aos apelos do Divino Pai eterno (1Cor 1, 17 – 24)
     Pregadora: Raimundinha
     Noiteiros: Comunidades Cachoeira, Cachoeirinha e Purões.

29/06 – Quarta Feira
19hrs – 6ª Novena

      Tema: Sentir o Planeta que chora e Geme em dores de parto. (1Cor 1, 17 – 24)
      Pregadora: Jarlene
      Noiteiros: Comunidades Aba, Cedro e Calumbí.

30/06 – Quinta Feira
19hrs 7ª Novena

     Tema: Água, Solo e Ar, carinho de poucos desprezo de muitos. (Dt 11, 18 – 23)
     Pregadora: Vera Lucia
     Noiteiros: Comunidades Galinhas e São Joãquim.

01/07 – Sexta Feira
19hrs – 8ª Novena

     Tema: Agir em Socorro da vida que agridimos. (2Cor 13, 5 – 10)
     Pregadora: D. Geralda
     Noiteiros: Comunidades Mulungu e Melo do Espinheiro.

02/07 – Sábado
19hrs – 9ª Novena

     Tema: Amar o Proximo um Exercicio de contemplação da criação. (Mt 22, 34 – 40)
     Pregado: Antonio Carolino
     Noiteiros: São Miguel, Estiva dos Crisostomos, Cruz, Lagoa nova e todos os Devotos do Divino Pai Eterno.

03/07 – Domingo
16hrs – Missa solene e encerramento da festa do Divino Pai Eterno com a Procissão.

       Evento Social 
17:30hrs – Grande Festival de Premios em Prou do Calçamento frente da Capela do Divino Pai Eterno.
Compre e Colabore você também com essa Obra.
                                                  

quarta-feira, 22 de junho de 2011

FESTA DO DIVINO PAI ETERNO

       Tem inicio no dia 24 de Junho e vai até o dia 03 de Julho de 2011, a Festa do Divino Pai Eterno, da comunidade Mulungu. Todas as cidades vizinhas e sitio vizinhos e o povo de Deus em geral está sendo convidados a participar destes festejos religiosos. Não deixe de participar, a sua presença é muito importante para nós! Agradece a comissão organizadora da festa. Que o divino Pai Eteno abençoe a todos!

quinta-feira, 16 de junho de 2011

Não esqueça o colorido

“Tudo o que fizerdes, fazei-o de bom coração, como para o Senhor e não para os homens, certos de que recebereis, como recompensa, a herança das mãos do Senhor. Servi a Cristo, Senhor.” (Cl 3,23-24)
Quando eu tinha uns doze ou treze anos, a minha tarefa em casa era lavar a louça da janta. Porém, esse era um serviço que eu detestava fazer. Já acordava de manhã pensando que à noite teria que lavar a louça. Um dia, li numa revista um artigo com o título “Não Esqueça o Colorido.” Esse artigo dizia que se dermos o melhor de nós mesmos em todas as tarefas, por menos que gostemos delas, um dia acabaremos apreciando o que temos para fazer, pois veremos os bons resultados dos nossos melhores esforços. Dizia também que sempre acabamos por amar aquilo por que nos doamos. Portanto, dizia o autor do artigo, não pare só no desenho em preto e branco, faça também o colorido, faça além do que é esperado de você, dê o seu toque de dedicação, o seu toque de doação.
Resolvi, depois de ler o artigo, que daria o melhor de mim ao lavar a louça, eu a lavaria muito bem, daria meu toque pessoal. E assim fiz. O meu desafio foi uma cafeteira que por ser velha já estava com sujeira entranhada, provavelmente por ter sido lavada de má vontade, provavelmente por mim mesma. Eu quase gastava as minhas mãos esfregando aquela cafeteira, bem como o resto da louça, todas as noites. A cada lavada a cafeteira brilhava mais e a minha mãe começou a notar o meu “colorido”. Começou a me elogiar para as pessoas, dizendo o quanto eu era caprichosa e, é claro, isso me deixava muito feliz. Agora, quando eu acordava de manhã eu me alegrava com o fato de ter que lavar a louça de noite, passei a amar o que fazia.
 Senti, em oração, que deveria contar para vocês sobre esse artigo e o seu efeito na minha vida. Penso que isso nos remete também ao que o Papa João Paulo II dizia quando falava da “mais alta medida da vida cristã”. Ele nos pedia para não nos contentarmos com nada menos do que o melhor em tudo o que fizéssemos. Ele dizia ainda: “Construí a cidade de Deus sobre a cidade dos homens”. Dar o melhor de nós, a mais alta medida, a Deus o melhor de nosso louvor, confiança e obediência, o melhor de nosso tempo na oração, o melhor de nossos talentos na missão; aos outros dar o melhor de nosso serviço, o melhor de nosso sorriso, o melhor de nosso perdão, o melhor de nossa paciência; a nós mesmos dar o melhor de nossa determinação de sempre fazer o melhor possível, de nunca esquecer o colorido.Tenho certeza que Deus não nos criou para que a nossa vida seja em preto e branco. Ele a quer colorida, cheia de sentido, feliz, realizada.
Assim como eu fiz com a cafeteira, podemos começar escolhendo uma área específica da nossa vida para tirar a sujeira entranhada, para fazer brilhar e, assim, fazer a nós e aos outros felizes.
Maria Beatriz Spier VargasSecretária-geral do Conselho Nacional da RCCBRASIL

O dom do Espírito Santo

"O Espírito Santo, sendo único, com uma única maneira de ser e indivisível, distribui a graça a cada um conforme lhe apraz. E assim como a árvore ressequida, ao receber água, produz novos rebentos, assim também a alma pecadora, ao receber do Espírito Santo o dom do arrependimento, produz frutos de justiça. O Espírito tem um só e o mesmo modo de ser; mas, por vontade de Deus e pelos méritos de Cristo, produz efeitos diversos. Serve-se da língua de uns para comunicar o dom da sabedoria; ilumina a inteligência de outros com o dom da profecia. A este dá o poder de expulsar os demônios; àquele concede o dom de interpretar as Sagradas Escrituras. A uns fortalece na temperança, a outros ensina a misericórdia; a estes inspira a prática do jejum e como suportar as austeridades da vida ascética; e àqueles o domínio das tendências carnais; a outros ainda prepara para o martírio. Enfim, manifesta-se de modo diferente em cada um, mas permanece sempre igual a si mesmo, como está escrito: A cada um é dada a manifestação do Espírito em vista do bem comum" (I Cor 12,5). 

O ensinamento de São Cirilo de Jerusalém abre nosso coração para acolher o dom do Espírito Santo na Solenidade de Pentecostes, com a qual se celebra o grande dom do Cristo Ressuscitado.
A Igreja de Cristo nasceu do Seu mistério de Morte e Ressurreição e foi ungida com o dom do alto, Espírito da Verdade, que a conduz pelos caminhos da história. Em todas as épocas da história, o mesmo Espírito Santo a faz descobrir o modo adequado para evangelizar, levando a Boa Nova até os confins da terra. E Ele a sustenta por meio da grande diversidade de dons e ministérios, concedidos em abundância segundo a medida do próprio amor de Deus. Na Solenidade de Pentecostes, somos todos convidados a reconhecer em todas as pessoas, como fruto dos sacramentos da iniciação cristã, Batismo, Crisma e Eucaristia, a beleza do jardim de Deus, que são as Comunidades Cristãs. Há muita santidade, há muito bem plantado bem perto de nós e é urgente abrir os olhos. Olhar com benevolência a própria história, a Igreja e o Mundo, dá muito mais trabalho do que apontar os erros. O Espírito nos revele o bem! Mas nada existe de bom e de puro, de inspirado ou verdadeiro que não proceda da ação do Espírito Santo. Olhando ao nosso redor, descobriremos o bem que é feito, inclusive por pessoas de quem humanamente pouco se poderia esperar. É Ele que espalha o bem, suscita o perdão, incentiva a busca da verdade, mesmo quando nos sentimos esmagados pelo mal.

O Espírito é dado, mas a recepção da graça depende da abertura de quem a acolhe. Por isso pedimos a abertura do coração e da mente. “Vem, Espírito Santo! Visita a alma dos teus!” Ele é o doce hóspede da alma, discreto e silencioso, que só entra quando Lhe são dadas as boas-vindas! Nenhuma casa e nenhum coração rejeitem Sua visita! A Ele suplicamos: “Enche o coração dos vossos fiéis!” Só o Espírito Santo pode preencher o vazio dos corações e fazer transbordar o amor, para com este amor comunicarmos o Evangelho aos outros.A Solenidade de Pentecostes é, com frequência, chamada de "inauguração da Igreja". Com o mesmo ardor dos Apóstolos, nossa Igreja de Belém pede hoje a renovação das disposições missionárias. Estamos em tempo de "Igreja de Belém em missão" e os sucessivos retiros paroquiais serão o envio de homens e mulheres aos quais se confia a nova Evangelização, especialmente nas visitas às casas. Cada homem e cada mulher, ao professarem a fé em Cristo, sintam a certeza da presença d'Aquele que prometeu estar conosco até o fim dos tempos. Sintam-se enviados pelo Pastor visível da Igreja de Belém. A todas as pessoas e famílias que forem visitadas, o convite é que abram, mais ainda: escancarem as portas para Cristo. Não tenham medo d'Ele!
Das comunidades cristãs se espalhe o fermento de uma sociedade diferente, num período em que muitas pessoas estão sofrendo na pele e inclusive pagando com a vida um novo relacionamento com a terra. Foram cinco as mortes recentes por questões fundiárias. O Espírito Santo suscite perdão no coração das pessoas que sofrem pela morte de seus familiares e amigos. Ele mesmo mude pela raiz a cabeça e o coração dos que cometeram tais crimes. É ainda ao Espírito Santo que suplicamos as luzes para que as autoridades encarregadas de apurar e punir tais crimes estejam mais atentas aos fatos. O Espírito dê de novo entranhas de misericórdia a todos, para a cura do tecido social. 

Que cada cristão e cada presbítero, revestido do amor decidido e irreversível, deixe que este mesmo Espírito abra portas dos corações. Aos criminosos de todos os lados chegue o convite à reconciliação. “Vem, Espírito Santo”!

Dom Alberto Taveira Corrêa
Arcebispo de Belém - PA
Dom Alberto Taveira foi Reitor do Seminário Provincial Coração Eucarístico de Jesus em Belo Horizonte. Na Arquidiocese de Belo Horizonte foi ainda vigário Episcopal para a Pastoral e Professor de Liturgia na PUC-MG. Em Brasília, assumiu a coordenação do Vicariato Sul da Arquidiocese, além das diversas atividades de Bispo Auxiliar, entre outras. No dia 30 de dezembro de 2009, foi nomeado Arcebispo da Arquidiocese de Belém - PA.
FONTE: Canção Nova

sábado, 11 de junho de 2011

DIA 12 DE JUNHO DE 2011 - DOMINGO - A IGREJA CELEBRA DIA DE PENTECOSTES

           A Igreja celebra Neste domingo o Dia de Pentecostes, a manifestação do Espírito santo sobre os discípulos.  A festa do Divino Espírito Santo é uma grande oportunidade para entender melhor uma realidade central de nossa fé Cristã. O espírito de Deus que é nos dado em Virtude de nossa fé em Jesus Cristo.
Depois de 50 dias da Páscoa, celebramos a Festa de Pentecostes.  Segundo o catecismo da Igreja Católica no nº 731 No dia de Pentecostes (no fim das sete semanas pascais), a Páscoa de Cristo se realiza na efusão do Espírito Santo, que é manifestado, dado e comunicado como Pessoa Divina: de sua plenitude, Cristo, Senhor, derrama em profusão o Espírito. É em pentecostes que é comunicado os dons do Espírito Santo.
Portanto, a plenitude do espírito não devia ser apenas a do Messias; devia ser comunicada a todo povo messiânico.  E em pentecostes que os apóstolos proclamas as maravilhas de Deus (At. 2, 11). Pentecostes é a decida do Espírito santo Sobre os apóstolos (Efusão do Espírito Santo).
È em pentecostes que se dá o tempo da Igreja, a Igreja é confirmada pelo Espírito Santo. “No dia de Pentecostes, o Espírito da promessa foi derramado sobre os discípulos, "reunidos no mesmo lugar" (At 2,1), esperando-o, "todos unânimes, perseverando na oração" (At 1,14). O Espírito, que ensina a Igreja e lhe recorda tudo o que Jesus disse, vai também formá-la para a vida de oração” (CIC 2623).
Pentecostes dia da manifestação pública de Jesus - "Terminada a obra que o Pai havia confiado ao Filho para realizará na terra, foi enviado o Espírito Santo no dia de Pentecostes para santificar a Igreja permanentemente." Foi então que "a Igreja se manifestou publicamente diante da multidão e começou a difusão do Evangelho com a pregação". Por ser "convocação" de todos os homens para a salvação, a Igreja é, por sua própria natureza, missionária enviada por Cristo a todos os povos para fazer deles discípulos (CIC 767).
No evangelho apresenta-nos a presença do Cristo Ressuscitado que cria uma nova comunidade. “No último dia da festa, do dia mais solene, Jesus, em pé, proclamou em alta voz: “Se alguém tem sede, venha a mim e beba. “Aquele que crê em mim, conforme diz as escritura, rios de água viva jorrarão do interior” “Jesus Falava do Espírito que deviam recebe os que tivessem fé nele; pois ainda não tinha dado o Espírito Santo, por que Jesus ainda não tinha sido glorificado (Jo,7, 37-39)”. Porém, Jesus veio mata e sacia a sede da humanidade. Ele é a fonte da água viva.
Então Jesus Gloriosos manda o Espírito Santo de Junto do Pai. No Evangelho de João 20, 19 – 23 -João nos escreve como no próprio dia da Páscoa, Jesus comunica aos apóstolos o Espírito santo, para que exerça o poder de perdoar os pecados, pois é o cordeiro que tira o pecado do mundo “(Jo 1, 29). Os discípulos devem continuar essa missão. Portanto, caríssimos irmãos que neste dia de pentecostes, possamos se deixar ser guiados pelo Espírito Santo de Deus. Rezar pela unidade da a nossa Igreja, de nossas comunidades e a nossa própria família. Amem.


Comentário escrito e apresentado por Pe. Jaime

sexta-feira, 10 de junho de 2011

IV Seminário de Vida no ESPÍRITO SANTO - programação



SÁBADO – 11 DE JUNHO DE 2011

TARDE
·         14hs – Acolhida, Oração do Santo Ofício e Animação
·         14h 45min – 1ª Pregação
·         15h 30min – Intervalo
·         15h 45min – 2ª Pregação
·         16h 30min – Intervalo
·         16h 45min – Adoração ao Santíssimo Sacramento
·         17h – Intervalo para a Santa Missa

NOITE
·         19h – Santa Missa na Igreja Matriz
·         20h 30min – Vigília de Pentecostes
·         22h – Encerramento do dia



DOMINGO – 12 DE JUNHO DE 2011

MANHÃ
·         8h – Oração do Santo Ofício e Animação
·         8h 45min – 3ª Pregação
·         9h 30min – Intervalo
·         9h 45min – 4ª Pregação
·         10h 30min – Intervalo
·         10h 45min – Adoração ao Santíssimo Sacramento
·         11h 30min – Intervalo para o almoço

TARDE
·         14h - Acolhida, Oração do Santo Terço e Animação
·         14h 45min – 5ª Pregação
·         15h 30min – Intervalo
·         15h 45min – Oração por Cura Interior
·         16h – Encerramento do Seminário 

Santuário do coração de jesus foi reaberto para a alegria dos fiéis


     Em pleno mês dedicado ao Sagrado Coração de Jesus, os fiéis de Mossoró e região terão de volta o Santuário do Sagrado Coração de Jesus todo reformado. No dia 01 de junho, às 17hs aconteceu a uma grande celebração marcando a reabertura do Santuário, segunda igreja mais antiga de Mossoró. Com mais de cem anos de fundação, a igreja passou por uma grande reforma.

Paróquia de Marcelino Vieira comemora 50 anos de criação


      A edição de 2011 da festa de Santo Antonio, no município de Marcelino Vieira, terá um motivo a mais de comemoração para a Diocese e paroquianos. A Paróquia estará celebrando 50 anos de criação. Toda a programação da festa do padroeiro será marcada pelas comemorações do jubileu. A festa acontece de 01 a 13 de junho e tem por tema: "Um santo entre nós!".
     Segundo o vigário paroquial, Pe. Claudenis, uma grande equipe vem trabalhando para que todos possam vivenciar esse momento tão importante para a paróquia. -"Reservamos várias surpresas na programação como uma Concessão de Benção Apostólica de Roma homenageando os 50 anos da Paróquia e teremos outro grande presente que está mantido em sigilo para a comunidade", comenta o pároco. A Missa de encerramento acontece às 10hs presidida pelo Bispo Diocesano.

Procissão de Corpus Christi sairá da Paróquia de São João Batista, em Mossoró


     No dia 23 de junho, a Diocese de Mossoró, em comunhão com a Santa Igreja Vaticana, comemora o dia de CORPUS CHRISTI com tradicional procissão saindo da Paróquia de São João Batista, bairro Boa Vista, às 18hs em direção ao Santuário do Coração de Jesus no centro da cidade. A programação começa às 17hs com a celebração de uma Missa campal, presidida pelo Bispo Diocesano e concelebrada pelos seus sacerdotes, no largo de São João Batista, em seguida a procissão onde acontecerá a adoração a partir das 19h 30min.
     A festa de Corpus Christi tem como ápice celebrar solenemente o Mistério da Eucaristia - o Sacramento do Corpo e Sangue de Jesus Cristo. 

Paróquia de Umarizal recebe III visita pastoral de 2011


     A Paróquia do Sagrado Coração de Jesus de Umarizal - RN tem tem uma história particular no coração do bispo Dom Mariano Manzana. Foi lá que ele dedicou 17 anos de sua vida sacerdotal. A visita pastoral que acontece de 05 a 12 deste mês será a terceira de 2011.
    O Vigário de Umarizal, Padre João Batista, e sua equipe já montaram toda a programação para Dom Mariano e a equipe diocesana, que inclui encontros com pastorais, movimentos, autoridades locais, artistas, estudantes e as diversas capelas nas comunidades rurais do município. Essa visita pastoral terá vários momentos especiais como Missa em ação de graças, no dia 07 às 19hs, pelos 24 anos de ordenação sacerdotal de Padre João Batista. Sem falar no reencontro que o bispo terá com os fiéis de Umarizal que marcaram sua vida de Padre. 

SANTO ANTÓNIO DE LISBOA - UMA CURIOSIDADE DE MUITOS A CERCA DO MENINO JESUS NOS BRAÇOS DE SANTO ANTÓNIO

1. Maria aparece muitas vezes, na iconografia, com o Menino nos braços e um olhar de graça suavemente iluminado. O movimento dos braços mostra a ternura maternal de quem embala e segura o Menino Jesus, ou a alegria evangelizadora de quem apresenta e oferece Jesus a este mundo, reclamando de cada um de nós mãos carinhosas e seguras, coração maternal, olhar de graça.
 2. É fácil ler, no contexto da iconografia, uma grande cumplicidade entre Maria e Santo António de Lisboa, de Pádua ou de todo o mundo. Vê-se bem que também Santo António aparece com o Menino nos braços: umas vezes, segurando Jesus com os dois braços; outras vezes, com um braço segurando Jesus, e no outro ostentando um livro, o Livro, o Livro da Palavra de Deus, que tão bem viveu e tão bem soube dizer; outras vezes ainda, ostentando Jesus sentado sobre o Livro, Senhor do Livro, como o Anjo de Mateus sentado sobre a pedra do sepulcro (Mt 28,2). Belíssimas figurações de amor e luz. Maria olhando pelo Menino Jesus ou convidando-nos a olhar pelo Menino Jesus. Santo António de Lisboa ostentando o Menino Jesus e o Livro, mostrando bem com que amor soube ler a Escritura, e convidando-nos a acolher o Menino que atravessa em contraluz toda a Escritura, e a ler a Escritura em contraluz acolhendo em cada página, não apenas sons e sílabas e palavras e frases, mas um Rosto e um Nome, JESUS.
 3. Maria e Santo António de Lisboa. Os dois com o Menino Jesus nos braços e no coração, nos lábios, na vida. Eles tomaram conta de Jesus com amor, tomaram conta do amor. Ou foi o amor que tomou conta deles? Na verdade, são eles que seguram Jesus, ou é Jesus que os segura a eles? Somos nós que seguramos a Palavra de Deus, ou é a Palavra de Deus que nos segura a nós? Frágil, forte segurança, a segurança-confiança do amor, forte como a morte o amor (Ct 8,6).
 4. É por esta imagem de um Menino ao colo de uma Mãe, seguro-confiante na força do amor maternal que cuida dele sempre, que, em termos bíblicos, entramos no caminho da Verdade (J. GOLDSTAIN, Le monde des psaumes, Paris, Source, 1964, p. 391 e 393. Verdade, na Bíblia hebraica, diz-se ’emet, cuja etimologia remete para segurança, firmeza, confiança (’emunah, ’aman, ’amen). Diz então o Livro que Santo António segura no braço com o Menino em cima que o lugar mais verdadeiro do mundo, portanto, a maior fonte de segurança do mundo, são os braços de uma Mãe ou de um Pai que ternamente seguram um bebé.
 5. A verdade é, portanto, a verdade do Amor que não engana, o mais puro amor que existe. A analogia do amor materno e paterno abre para Deus, que o mesmo Livro diz que ama com amor perfeito. S. Paulo dirige-se a nós desta maneira, ao escrever as primeiras linhas da primeira página do Novo Testamento:
 «1,4(…) Irmãos AMADOS por Deus (êgapêménoi hypò [toû] theoû)» (1 Ts 1,4).
 A locução «AMADOS» apresenta-se no tempo perfeito passivo (êgapêménoi: part. perf. passivo de agapáô), e traduz, portanto, um amor novo, vindo de Deus, que começou a amar e a amar continua ainda hoje, pois é esse o sentido do perfeito grego.
 6. É por isso que Deus, amor perfeito e permanente – o mesmo ontem, hoje e sempre (Hb 13,8) –, não mente, não engana, não seduz. Ele é a Sabedoria, Ele é a luz. Ele chama, Ele ama, Ele dá a Sabedoria, Ele alumia. A nossa luz é reflexa, a nossa sabedoria é recebida, recebido é o amor com que amamos. Não o amor da sabedoria. Mas a sabedoria do amor. «Deus governa o mundo com as palmas das suas mãos» (Sir 18,3), em que está tatuado o nosso rosto e o nosso nome (Is 49,16), e tem sempre as suas «mãos abertas sobre nós» (Sl 139,5). Mãos de amor.
 7. Como Maria e como Santo António, experimentemos também viver de coração aberto e de mãos abertas para acolher e saborear o dom de Deus (Hb 6,4) e experimentar a beleza da Palavra de Deus (Hb 6,5). Maria e Santo António, com o Livro e o Menino, representam uma nova cultura, não assente na mentira, na esclerose ou dureza do coração, no poder e na violência, mas na ternura, no amor, na suavidade e na verdade.
 8. Santo António de Lisboa, Nossa Senhora do Rosário de Fátima, ensinai-nos a viver com o Livro da Palavra de Deus e o Menino nos braços e no coração. Ámen.
 António Couto
FONTE: MESA DE PALAVRAS
http://mesadepalavras.wordpress.com/2009/06/19/santo-antonio-de-lisboa/

quinta-feira, 9 de junho de 2011

MAIS UM MICAELENSE SERÁ ORDENADO DIÁCONO

Será ordenado o seminarista Francisco de Assis Fernandes Gomes, filho de Luiza Fernandes e José Gomes do Nascimento, o mesmo e, hoje, seminarista da Arquidiocese de Natal – RN. O mesmo estuda no Pontifício Colégio Internacional Maria Mater Eclesiae. 
A sua ordenação será realizada no dia 24 de Junho de 2011, ‘as 9hs na Festa de São João Batista, na Basílica Papal de São Pedro, Cidade do Vaticano. A celebração Eucarística será presidida por sua Excia. Revma. Dom Vittorio Lanzani, Bispo Titular de Labico e Delegado para a fábrica de São Pedro, no Vaticano. Portanto, pedi a todos as suas orações.

Junho, mês do Corpo e Sangue do Senhor


Corpus Christi (expressão latina que significa Corpo de Cristo) é uma festa que celebra a presença real e substancial de Cristo na Eucaristia.
É realizada na quinta-feira seguinte ao domingo da Santíssima Trindade que, por sua vez, acontece no domingo seguinte ao de Pentecostes. É uma festa de 'preceito', isto é, para os católicos é de comparecimento obrigatório participar da Missa neste dia, na forma estabelecida pela Conferência Episcopal do país respectivo.
A procissão pelas vias públicas, quando é feita, atende a uma recomendação do Código de Direito Canônico (cân. 944) que determina ao Bispo diocesano que a providencie, onde for possível, "para testemunhar publicamente a veneração para com a santíssima Eucaristia, principalmente na solenidade do Corpo e Sangue de Cristo." É recomendado que nestas datas, a não ser por causa grave e urgente, não se ausente da diocese o Bispo (cân. 395).
A origem da Solenidade do Corpo e Sangue de Cristo remonta ao Século XIII. A Igreja Católicasentiu necessidade de realçar a presença real do "Cristo todo" no pão consagrado. A Festa de Corpus Christi foi instituída pelo Papa Urbano IV com a Bula ‘Transiturus’ de 11 de agosto de1264, para ser celebrada na quinta-feira após a Festa da Santíssima Trindade, que acontece no domingo depois de Pentecostes.
A festa de Corpus Christi foi decretada em 1264.
O decreto de Urbano IV teve pouca repercussão, porque o Papa morreu em seguida. Mas se propagou por algumas igrejas, como na diocese de Colônia na Alemanha, onde Corpus Christi é celebrada desde antes de 1270. A procissão surgiu em Colônia e difundiu-se primeiro na Alemanha, depois na França e na Itália. Em Roma é encontrada desde 1350.
A Eucaristia é um dos sete sacramentos e foi instituído na Última Ceia, quando Jesus disse: ‘Este é o meu corpo…isto é o meu sangue… fazei isto em memória de mim’. Porque a Eucaristia foi celebrada pela 1ª vez na Quinta-Feira Santa, Corpus Christi se celebra sempre numa quinta-feira após o domingo da Santíssima Trindade.
Corpus Christi é celebrado 60 dias após a páscoa. Podendo cair entre 21 de maio e 24 de junho.

V Missa por Cura e Libertação


     A Paróquia de São Miguel Arcanjo e a Renovação Carismática Católica, convidam você e sua família a participar da V MISSA POR CURA E LIBERTAÇÃO, nesta sexta-feira, 10 de junho às 19hs na Igreja Matriz de São Miguel. E como gesto concreto desta missa, ofertemos 1kg de alimento para doarmos às famílias carentes de nossa comunidade. E que venha sobre você e sua família por intercessão de São Miguel Arcanjo a bençãos de Deus!

sábado, 4 de junho de 2011

DIA 05 DE JUNHO DE 2011 - DOMINGO DA ASCENSÃO

           A Igreja celebra a Ascensão do Senhor Jesus e a missão dos apóstolos. Entre os dias da páscoa e da Ascensão foram o retiro de preparação para desabrochamento da Igreja.  O próprio Jesus Cristo mostra as instruções dadas aos discípulos da promessa e da missão. Eles devem levar a mensagem de Jesus ao mundo inteiro, e para isso receberão o Espírito Santo. Os Discípulos são responsáveis da missão da Igreja e para que até quando senhor voltar à Igreja seja missionária. Nós imbuídos deste espírito devemos também a exemplo dos discípulos ser missionários.  Ser homens e mulheres transmissores da boa nova de Nosso Senhor Jesus Cristo, pois devemos assumir com responsabilidade está missão.
Nós celebramos o Domingo da Ascensão do senhor ao céu, a elevação do Senhor ao Céu, o que se celebra hoje é a aparição de Jesus elevado ao Céu. A 2ª leitura deste domingo nos inspira a força de Deus, revelando – se na exaltação de Cristo. “Ele manifestou sua força Em Cristo, quando o ressuscitou dos mortos e o fez sentar- se a direita nos céus, bem acima de toda autoridade, poder, potência, soberania ou qualquer título que possa mencionar não somente neste mundo, mas ainda no futuro (Ef 1,20-22). Porem. Deus o ressuscitou e o colocou como cabeça do universo. Jesus é a cabeça da Igreja e a Igreja é seu corpo, a Igreja nós traz presente a mensagem atuante do próprio Cristo ao mundo, ela é a presença do Cristo no mundo. Nós somos a Igreja, somos esse corpo e que devemos transmitir com fidelidade a mensagem do Cristo.
No evangelho nos mostrar episodia da despedida e missão dos apóstolos .  “Os onze discípulos foram para a Galileia, ao monte que Jesus lhes tinha indicado. Quando viram Jesus, prostraram-se diante dele. Ainda assim alguns duvidaram. Então, Jesus aproximou-se e falou: “toda a autoridade me foi dada no céu e sobre a terra. Portanto, ide e fazei discípulos meus batizando-o em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo e ensinando-os a observar tudo o que vos ordenei! Eis que eu estarei convosco todos os dias, até o fim do mundo (Mt 28,16-20). Jesus da um mandato aos discípulos, Ele envia os discípulos a dar continuidade a sua missão. Jesus, depois da sua ressurreição, não veio para retomar a sua atividade de antes e nem para implantar um reino político de antes, mas para demonstrar a sua gloria, seu senhorio e transcendente. Toda a atividade aqui na terra ele deixa para cada um de nós que somos batizados, e que através do nosso batismo nós recebemos de Deus o mandato de Ir por todo mundo e pregar o evangelho a toda criatura. Na ressurreição Jesus não volta mais como “carnal”, mas numa condição gloriosa para animar com seu Espírito (At 1, 8).  Todos os povos são discípulos (batizados) de Jesus Cristo. Portanto, todos os Batizados e que acreditam em Jesus, não devem estar alheio a mensagem de Jesus Cristo. Todos são responsáveis de pregar o Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo.
Escrita e apresentada por Pe. jaime

sexta-feira, 3 de junho de 2011

FOI REALIZADA A 1ª EUCARISTIA DAS CRIANÇAS DE CEL. JOÃO PESSOA - RN


FOI CELEBRADA A 1ª EUCARTISTIA DAS CRIANÇAS DA CIDADE DE CEL. JOÃO PESSOA. A MISSA FOI CELEBRADA PELO PE. JAIME FRANCISCO DA SILVA, RESPONSAVEL PELA ÁREA DE EVANGELIZAÇÃO DE SÃO JOSÉ. O MESMO FALOU DIANTE DAS CRIANÇAS "QUE DEVEM TER  AMOR E CARINHO COM A EUCARISTIA, JÁ QUE AS MESMAS ESTAVAM RECEBENDO E TENDO O CONTATO PELA PRIMEIRA VEZ COM A SAGRADA COMUNHÃO ( CORPO DE CRISTO).  E QUE AS CRIANÇAS DEVEM TAMBEM ASSUMIR COM DEDICAÇÃO A SUA MISSÃO NA IGREJA, POIS ELAS SÃO O FUTURO DE NOSSA IGREJA AMANHÃ. PORTANTO É UM MOMENTO MUITO IMPORTANTE PARA TODOS VOCÊS CRIANÇAS".

PADRE ROBSON OLIVEIRA CELEBRA MISSA EM CAICÓ NO DIA 14 DE JULHO DE 2011


O Padre cantor e religioso Pe. Robson Oliveira se apresentará no dia 14 de Julho de 2011 na cidade de Caicó - RN . O Padre Robson celebra missa de frente a Catedral de Santana de Caico as 19h. O mesmo vem trazendo a Imagem do Divino Pai Eterno que será entregue a Catedral de Santana de Caicó, até construirem um  Santuario no Bairro Maynard.

fonte: Robson  Pires

quinta-feira, 2 de junho de 2011

TEVE INICIO NO DIA 01 DE JUNHO A FESTA DE SANTO ANTÔNIO NA COMUNIDADE CACTUS MUNICIPIO DE VENHA VER - RN

Deu início a Festa de Santo Antonio da comunidade Cactus, no dia 01 e se estenderá até o dia 13 de Junho de 2011. Houve missa e palavra do Padre. Todas as  noites haverá novenas dedicadas ao glorioso padroeiro Santo Antonio. O tema da festa deste ano "Santo Antônio exemplo de vida" No dia 13 de Junho dia da Festa haverá a missa solene as 16hs celebrada pelo Padre Valdeci  administrador da Paróquia de São Miguel.

ACONTECERA NO DIA 03 DE JUNHO DE 2011 A 1ª EUCARISTIA DAS CRIANÇAS EM CEL. JOÃO PESSOA - RN

No dia 03 de junho de 2011 vai ser realizada a 1 ª Eucariota na Igreja de São José em Cel. João Pessoa. O celebrante será o Padre Jaime Francisco da Silva, vigário paróquia e responsável pela Área de Evangelização de São José.  A celebração da santa missa será às 16 horas. 

Pascom da Diocese de Mossoró realiza debate sobre tema do Dia Mundial das Comunicações



              "Verdade, anúncio e autenticidade de vida na era digital" é o tema escolhido pelo Papa Bento XVI para o 45º Dia Mundial das Comunicações Sociais, que será celebrado no dia da Ascensão do Senhor, 5 de junho. Para celebrar essa data e discussão, a Diocese de Mossoró, através da Pastoral da Comunicação, realiza na próxima quarta-feira, dia 01, às 19 horas, um debate sobre o tema do 45º Dia Mundial das Comunicações, no auditório da Biblioteca Municipal, com vários convidados. No domingo, dia 5, haverá a “Missa da Comunicação”, às 9 horas, na Catedral de Santa Luzia, com a participação de comunicadores de Mossoró e Região. 

             Segundo o coordenador da Pascom da Diocese de Mossoró, Marcos Nascimento, o debate contará com a presença do reitor da UERN, Milton Marques, do reitor do Seminário Santa Teresinha, padre Francisco Crisanto, e de uma jornalista convidada. “ Gostaríamos de contar com a presença dos agentes da Pastoral da Comunicação, estudantes e profissionais das mais variadas áreas da comunicação, como jornalistas, radialistas, publicitários, relações públicas, blogueiros, comunicadores populares. Todos estão convidados”, afirma Marcos Nascimento. Ele acredita que a mensagem do Papa Bento XVI provoca uma boa discussão do valor pessoal e humano frente às novas tecnologias.
No domingo, dia 05, às 9h, acontecerá “Missa da Comunicação”, na Catedral de Santa Luzia.

Renovação Carismática de São Miguel faz I Festa de Pentecostes


         É com muito júbilo que estamos celebrando a nossa PRIMEIRA FESTA DE PENTECOSTES, que se realizará de 01 a 12 de junho em nossa cidade na Igreja Matriz de São Miguel Arcanjo, e tem por tema: ESCUTAI O ESPÍRITO SANTO. Tem a realização do Grupo de Oração São Miguel Arcanjo - RCC. E é nesta alegria que convidamos você e toda a sua família a participar deste momento de fé e derramamento dos carismas do Espírito Santo semeando a Cultura de Pentecostes, por isso lembre-se, você é o nosso convidado especial, Jesus te convida!!!  Lembrando que dia 11 haverá Missa por Cura e Libertação \o/...... Venha e participe, a festa é nossa!!!

PROGRAMAÇÃO FESTIVA:
  • DE 01 À 10 DE JUNHO:
    Todas as noites às 19hs, Solene novena de Pentecostes na Capela de N.Sra. das Graças.
    Durante o dia todo, visita dos Servos da RCC nas residências.
  • DIA 11 DE JUNHO:
    Missa por Cura e Libertação às 19hs na Igreja Matriz de São Miguel Arcanjo.
  • DE 11 À 12 - SEMINÁRIO DE VIDA NO ESPÍRITO SANTO
    Presença da RCC da Diocese de Mossoró